O upcycling consiste em reutilizar matérias já prontas. A ideia é transformar algo descartado em um produto que possa ser utilizado novamente. O meio ambiente não precisa sofrer de novo devido à extração desses materiais.

O aumento dos resíduos químicos gerado pela produção na indústria da moda é gigantesco e deixa seus traços negativos a partir dos anos 90, época que o fast fashion ganhou força. Em 2015, o consumo mundial de têxteis atingiu cerca de 73 milhões de toneladas e deve crescer cerca de 4% ao ano até 2025 (APIC, 2014), mas apenas 20% dos tecidos são reciclados a cada ano em todo o mundo (Soex, 2014).

A produção e consumo excessivos do fast fashion tornou a indústria da moda a segunda mais poluente do mundo. Uma única peça de roupa impacta muito além da nossa visão: impacta a agricultura, colheita, produção, transporte, uso e descarte. Pesticidas na cultura do algodão, resíduos em aterros e tintas usadas na produção aumentam os custos ambientais de uma peça.

Devemos repensar nossos atos para acabar com o desperdício. O consumo desenfreado e inconsciente de produtos está levando a terra à escassez de recursos naturais. Segundo a Academia Nacional de Ciência americana, o planeta está gastando mais do que pode produzir.

Por isso tudo, queremos correr o risco de fazer uma moda mais sustentável. Se continuarmos seguindo este mesmo caminho com novidades a todo momento, seremos uma marca em meio a tantas. O novo pode surgir de várias maneiras, e aqui na Eleftheria surge sem nenhum custo ambiental.